O Novo Paradoxo da Liderança Corporativa




Vivemos num mundo altamente competitivo. E por mais que as pessoas, com um sentimento de inovação, falem da necessidade de colaboração e do impacto positivo dessa atitude para os negócios, a verdade é que cada empresa quer aumentar sua fatia no mercado, quer atender um maior número de pessoas e ter maior destaque e resultado.

Talvez esse modelo esteja fadado ao fracasso, tenha um prazo de validade e esteja até em queda. Mas ainda voga e isso não podemos negar. É o que acontece, é o que vemos dentro de qualquer organização voltada a dar lucro. Espera-se que os resultados melhorem, que a receita cresça, os custos diminuam, a produtividade aumente e os clientes e acionistas fiquem cada vez mais satisfeitos.

Enquanto a demanda por resultados cresce, pressionando cada vez mais os líderes a apresentarem soluções realmente eficientes, os esforços que estão sendo feitos parecem curtir cada vez menos efeito. As ações que no passado pareciam



4 visualizações0 comentário